Formação do preço de venda no e-commerce

Formação do preço de venda em lojas virtuais, isso pode alavancar o seu negócio, quando feito do jeito certo. Você já parou para pensar nos fatores que influenciam na precificação dos produtos de um e-commerce? Ao contrário do que muitos podem pensar, os valores cobrados são mais do que uma estimativa vazia.

A determinação de quanto cada produto custa é um dos elementos mais importantes para a sobrevivência de um negócio a longo prazo.

E, por isso, muitas variáveis devem ser consideradas durante o processo. Alguns dos fatores que podem impactar a precificação dos produtos são:

– O poder aquisitivo do público-alvo;
– Os valores praticados pelos concorrentes e fornecedores;
– A margem de lucro estimada de cada item, dentre muitos outros.

Quer saber mais sobre o assunto? Este artigo tem todas as informações que você precisa. 

O que é precificação de produtos em lojas virtuais?

A precificação dos produtos ou formação do preço de venda em lojas virtuais nada mais é do que um conjunto de boas práticas que precisam ser seguidas na hora de determinar o quanto cada item custará para o consumidor final.

Alguns especialistas afirmam que este é um dos processos mais importantes para qualquer loja, seja ela virtual ou física. Para e-commerces, é claro, o processo de precificação é um pouco diferente. 

Cuidados ao realizar a precificação dos produtos da sua loja virtual

As vendas são, é claro, um dos principais KPIs de negócio, mas para que o número de vendas possa ser traduzido em um lucro satisfatório, a precificação dos produtos precisa estar correta.

Para realizar esse processo sem erros, existem alguns passos que devem ser seguidos.

1- Observação do posicionamento do seu produto frente à concorrência: quanto mais exclusivo ou diferenciado for o seu produto, maior a liberdade você terá para estabelecer uma faixa de preço.

2- Estudo de custos: quais são os gastos envolvidos na produção deste produto? Procure mapear todos os custos diretos e indiretos para chegar a uma estimativa adequada do valor mínimo a ser cobrado para, ainda assim ter uma margem de lucro satisfatória.

3- Faça um estudo com os seus clientes: o quanto a sua empresa pode cobrar pelo produto sem que os clientes se sintam desconfortáveis? Esta é uma informação importante para a precificação, mas que só pode ser respondida pelas pessoas que farão negócio com a sua empresa.

Tipos de precificação dos produtos no e-commerce

Entenda, no tópico a seguir, algumas das estratégias de precificação para produtos mais utilizadas! E a partir delas, saiba como competir com as grandes empresas do mercado.

Loja virtual: Estratégias de precificação

As estratégias de precificação são um conjunto de métodos, orientados por dados e pesquisas, que são utilizados para definir o preço de um produto.

Vale lembrar que o uso de dados para decisões estratégicas é um dos pilares do marketing 5.0. Ela é uma tendência que une a tecnologia e o fator humano na tarefa de alcançar e encantar os novos clientes.

Vejamos algumas das estratégias de precificação mais comuns no mercado

Freemium: a ideia aqui é oferecer o produto gratuitamente, mas com algumas limitações. O objetivo é fazer com que o cliente enxergue o valor do produto e sinta-se compelido a comprar. Algumas empresas que usam essa estratégia são o Spotify e o Evernote.

Preço competitivo: o preço competitivo utiliza as referências de concorrentes para determinar o preço final de um produto. Essa é uma maneira tradicional e prática, do processo de precificação, embora tenha suas limitações.

Skimming: o skimming consiste no estabelecimento de um preço mais alto durante o lançamento do produto, fazendo com que o valor diminua ao longo do tempo. Empresas de tecnologia, usualmente, utilizam desta estratégia.

Preço baseado no valor agregado: a análise do valor agregado é essencial na precificação, em vez de focar no produto, essa estratégia coloca o consumidor no centro da equação, entendendo como ele se sente em relação aos benefícios que o produto ou serviço oferecem.

4 fatores que influenciam na precificação dos produtos no e-commerce

Elencamos quatro dos fatores mais importantes para a precificação de produtos. 

Concorrência

Hoje, mais do que em outros tempos, analisar os concorrentes é uma tarefa muito mais fácil. Com a internet, você pode ver com facilidade os preços praticados pelas empresas que competem diretamente com você.

Utilize essas ferramentas com sabedoria, tendo em mente que, quando uma empresa cobra muito abaixo do mercado, pode ser que exista alguma irregularidade em suas operações ou que ela entrou num guerra de preços, que é o pior dos mundos para qualquer empresa, de qualquer segmento de mercado.

Despesas fixas

A sustentabilidade do seu negócio só é possível quando o fluxo de caixa acontece de maneira eficiente. Isso quer dizer que a sua empresa precisa conseguir pagar as contas fixas e ainda ter recursos para investir, com uma margem de lucro satisfatória e a precificação correta dos produtos é um dos pontos-chave para alcançar este equilíbrio.

Custos do produto

Nem sempre a decisão final da precificação está com a empresa que vende o produto, mas sim com os seus fornecedores.

Custos exorbitantes, ainda na compra da matéria-prima, podem acarretar uma precificação menos vantajosa para a empresa e menos atraente para o consumidor final.

Em casos como este, vale a pena considerar se a sua empresa está fazendo negócio com os fornecedores certos.

Público-alvo

Nenhum e-commerce vai muito longe sem saber exatamente qual é o seu público-alvo. Essa informação, afinal, é crucial não apenas para a precificação, mas para toda a estratégia de marketing de uma empresa.

É importante saber qual o poder aquisitivo da sua persona, quais as suas expectativas sobre o produto e qual é o valor agregado oferecido pelo seu produto.

Falamos um pouco sobre os elementos que influenciam a precificação dos produtos de um e-commerce e quais as melhores estratégias que a sua empresa pode utilizar na hora da formação do preço de venda dos seus produtos.

Se você quer ver o seu e-commerce crescer, sem surpresas desagradáveis, invista em tecnologia e treinamento constante.

E para impulsionar ainda mais, adote estratégias de marketing digital e branding. Se você gostou desse conteúdo compartilhe com seus amigos.

error: Content is protected !!