WhatsApp: Saiba quais são os principais golpes do WhatsApp e veja o passo a passo para se proteger

O aplicativo WhatsApp é presente na maior parte dos celulares brasileiros, sendo estimado mais de 120 milhões de usuários. Isso significa que há muitas potenciais vítimas dos golpes do WhatsApp.

Segundo levantamento da PSafe, só em outubro de 2020, 453 mil pessoas tiveram o seu WhatsApp clonado ou a conta falsificada. Isso significa uma média de 15 mil vítimas por dia, o que é um número altíssimo.

Pensando na sua segurança digital, prossiga com a leitura do artigo e conheça os golpes no WhatsApp em 2022!

Golpes do WhatsApp: quais são os principais tipos de golpe pelo WhatsApp?

“Qualquer pessoa está sujeita a ser enganada por um dos tipos de golpe pelo WhatsApp. Porém, quem não tem familiaridade com o aplicativo é mais suscetível.”

Crimes cibernéticos são um evento comum no Brasil, principalmente após a pandemia, quando as pessoas passaram a usar mais da internet. No aplicativo WhatsApp, é considerado um golpe quando há dano e risco à vítima.

Tendo essa definição em mente, há diferentes tipos de golpe pelo WhatsApp que podem ser apontados!

1. Golpe da empresa falsa

“Olá, Ricardo! Você foi sorteado pela nossa empresa para receber um enorme desconto”, é assim que começa o golpe. A empresa falsa é um dos mais comuns entre os golpes no WhatsApp em 2022, pois é simples de fazer.

A tática é assim: a empresa chega anunciando algum benefício e trazendo um link estranho. Ao clicar nesse link e preencher os dados que eles pedem, você acaba entregando informações sensíveis que podem ser utilizadas de forma ilícita.

Como evitar? Primeiro, confira o nome da empresa e veja se ela está realmente fazendo esse tipo de ação. Segundo, confira o formato do link – se é uma empresa séria, acaba tendo uma URL mais atraente.

2. WhatsApp clonado

O WhatsApp clonado acaba sendo um derivado do golpe da empresa falsa. Em geral, o criminoso se passa por uma empresa conhecida e envia uma solicitação para o número de celular da vítima.

Em seguida, pede o código de seis dígitos do WhatsApp como se tivesse sido enviado pela empresa para confirmar alguma ação. Com o código de confirmação em mãos, o criminoso habilita a conta em outro celular e se passa pela vítima para outros contatos.

Como evitar esse crime cibernético? Nunca passe um código SMS para um contato desconhecido.

3. Conta falsa

Na conta falsa, o criminoso cria uma conta do WhatsApp com um número novo, mas o mesmo nome, foto e status da sua. Com isso, ele entra em contato com os seus familiares e pessoas próximas afirmando ter mudado de número e pedindo dinheiro.

O que fazer? Primeiro, as pessoas devem saber qual é o seu número. E como saber meu número Claro, Tim, Vivo, Oi e qualquer outro? Basta a pessoa entrar no seu perfil verdadeiro e clicar no seu nome para aparecer.

Mais duas coisas podem ser feitas pra evitar o golpe:

  • Limite o acesso à sua foto para contatos não salvos
  • Caso receba uma mensagem desse tipo, entre em contato com o número original

4. Aplicativo espião

Aplicativos espiões prometem ganhos extraordinários ou funções que não existem para que os baixe em seu celular. Ao fazer isso, você permite que spywares monitorem as atividades em seu aparelho.

Como evitar isso? Confira as avaliações do aplicativo nas lojas e evite baixar aplicativos piratas em sites pouco confiáveis.

5. Roubo de chip

Um dos golpes no WhatsApp em 2022 mais comuns pode acontecer com a sua operadora e não você. O criminoso liga para a operadora se passando pelo titular da conta e dizendo que o celular foi roubado, que precisa de um novo chip.

Se a empresa cai no golpe, ela registra o antigo número num novo chip, permitindo que o criminoso tenha acesso à sua lista de contatos. Como consequência, o seu chip é bloqueado.

O que fazer? O máximo que pode ser feito é entrar em contato com a operadora para relatar o acontecimento e registrar um B.O. Se alguma compra foi feita em seu nome, entre em contato com as lojas e peça o bloqueio do cadastro.

Veja também: Como melhorar as fotos do drone com alguns aplicativos

Qual é o passo a passo para melhorar a sua segurança digital no WhatsApp?

Para evitar os crimes cibernéticos, alguns passos simples podem lhe ajudar:

  1. Busque conhecer os principais golpes e como evitá-los
  2. Caso receba uma mensagem estranha de alguém se passando por um conhecido, entre em contato com o número original. Se for uma empresa, valide isso no site oficial
  3. Não repasse nenhum código de verificação
  4. Não utilize aplicativos baixados em fontes não oficiais
  5. Instale um software de proteção no celular!

Com essas dicas rápidas, fica mais difícil de sofrer um dos golpes do WhatsApp!

error: Content is protected !!